Investigação que havia sido arquivada por falta de provas foi reaberta e inclui ainda os empresários Zequinha Aristides e Isaías CDs, do Aviões do Forró

O Ministério Público Federal (MPF), por meio da procuradoria regional da República, decidiu retomar procedimento investigatório criminal que envolve os cantores Solange Almeida e Xand Avião, ex-vocalistas do Aviões do Forró, e os empresários Antonio Isaias Paiva Duarte (Isaías CDs), Zequinha Aristides Pereira, Carlos Aristides de Almeida Pereira e Francisco Claudio de Melo Lima, todos sócios da empresa A3 entretenimentos, que gerencia a banda.

O processo teve origem em 2014, mas foi descontinuado por falta de provas. No entanto, a procuradora regional da república Luiza Cristina Fonseca Frischeisen alegou que o arquivamento era prematuro.

Os artistas e executivos do forró são investigados por crimes como homicídio, tráfico internacional de drogas, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e ameaças.

A denúncia foi feita ao MPF por um suposto ex-sócio da A3 Entretenimento. No entanto, a banda nega as acusações por meio da assessoria de imprensa. "Em 2012 houve uma denúncia anônima, que já foi provada como absolutamente falsa e sem sentido. O processo aberto a partir dessa denúncia foi extinto e arquivado por absoluta ausência de provas", diz o comunicado.

A A3, no entanto, confirmou que há uma ação fiscal ajuizada contra a banda Aviões do Forró, que foi alvo da Operação For All pela sonegação de R$ 500 milhões em tributos entre 2012 e 2014. De acordo com a Polícia Federal, o grupo manipulava valor declarado nos cachês, informando à Receita Federal apenas 20% (em média R$ 30 mil) do valor pago. Os outros 80% (cerca de R$ 120 mil) eram recebidos em espécie antes dos shows. "Esta é uma ação de 2016 e a banda já cumpre pontualmente, normalmente e legalmente com seus deveres fiscais", informa a nota.

Solange Almeida processa ex-banda

Em paralelo às investigações, Solange Almeida também exige que a Justiça investigue o Aviões do Forró.

A cantora teria pedido "uma prestação de contas". Tal pedido será julgado pela Justiça, que vai decidir se ela receberá algum valor ou terá que pagar valores por ter participado do Aviões do Forró.

Ela deixou de ser uma das sócias e vocalista em fevereiro de 2017 e busca na Justiça os seus direitos. "Eu assinei minha saída na sociedade e eles ficaram certos de me pagar a parte que me cabia. Esperei quase dois anos e nada foi feito. Eu estava perdendo esse tempo. Ingressei na Justiça de fevereiro para março deste ano para que eu tivesse meus direitos reconhecidos", explicou a cantora em vídeo publicado nas redes sociais.

Fonte: R7


Corpo de homem é encontrado em avançado estado de decomposição

      Belmonte: O corpo de um homem foi encontrado na zona rural de Barrolândia, município de Belmonte, no fim da manhã desta

Suspeito de tráfico morre em confronto com a polícia em Vera Cruz

Felipe Santos Araújo, de 24 anos, morreu na tarde desta quinta-feira, 12, após confronto com a Polícia Militar (PM). O rapaz era suspeito de

Traficante responsável por plantação de maconha é preso

Apontado como um dos responsáveis por uma plantação com 50 mil pés de maconha, erradicada pela polícia em maio deste ano, Edmar Pequeno da

Foragido apresenta documento falso durante prisão por porte de arma

Santa Cruz Cabrália: Quatro ocupantes de um carro modelo Palio foram abordados durante uma blitz da Polícia Militar na entrada do município de

Incêndio em hospital no Rio deixa 11 mortos

Um incêndio no Hospital Badim, no Maracanã, zona norte do Rio de Janeiro, ocorrido no início da noite da quinta-feira, 12, provocou a morte de

Feminicida de Entre Rios é procurado pela Polícia

Policiais da Delegacia Territorial (DT), de Entre Rios estão à procura de José Uilian de Jesus Almeida, de 24 anos. Foragido da Justiça, com

Falsário é preso ao tentar aplicar golpe em agência do INSS

Paulo Afonso: Policiais civis da 18ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Paulo Afonso) prenderam José Erivaldo Dalmiro

Servidor do Detran da Bahia é preso em operação da PRF e MP-BA

Um servidor do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) foi preso temporariamente nesta quinta-feira (12) na Operação Freio de

DCCP desarticula quadrilha e prende latrocidas de dentista

Policiais do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) desarticularam uma quadrilha responsável por roubos a estabelecimentos comerciais

Pai é preso por estuprar filha de 12 anos em Sobradinho

Acusado de agredir e estuprar a filha de 12 anos, Edvaldo Bernardo Vieira Júnior teve a prisão preventiva cumprida, na quarta-feira (10), por

Teixeirão 25 Anos
Policia
Nossos Apoiadores: