Ministro

O ministro da Presidência da Bolívia, Jerjes Justiniano, afirmou hoje (18) que o governo de Jeanine Áñez, presidente autoproclamada do país, avalia a convocação de novas eleições por decreto, caso não haja acordo no Congresso com os representantes do partido de Evo Morales, o Movimento ao Socialismo (MAS).

"Se percebermos que há dificuldades para convocar as eleições, uma das sugestões que o Ministério da Presidência fará é que convoquemos eleições imediatamente por meio de algum outro instrumento legal", afirmou Justiniano.

A convocação de eleições por decreto já ocorreu antes na Bolívia, no mandato do presidente provisório Eduardo Rodríguez Veltzé (2005-2006), e serve como jurisprudência para o atual governo. Apesar de governo e oposição afirmarem que querem paz e diálogo, ainda não se sabe como o Congresso se posicionará nos próximos dias.

O MAS tem maioria no Senado e na Câmara e pode barrar votações importantes como a convocação de novas eleições. As eleições gerais do dia 20 de outubro foram anuladas devido a irregularidades detectadas auditoria da Organização dos Estados Americanos (OEA).

Renúncia

No último dia 10, pressionado pelas Forças Armadas, Evo Morales renunciou ao cargo de presidente e se asilou no México. Inicialmente, a posse do novo presidente estava prevista para o dia 20 de janeiro de 2020. O atual governo, que é temporário, tem pela frente o desafio de convocar novas eleições, com transparência, e o quanto antes.

A chanceler boliviana, Karen Longaric, disse hoje que as próximas eleições serão as mais transparentes da história do país e ressaltou o apoio que a Bolívia tem recebido de organismos internacionais.

"Estamos todos muito entusiasmados por realizar as eleições mais transparentes da história da Bolívia e recuperar a credibilidade do povo. É a única maneira de consolidar instituições democráticas no país", disse.

O Ministério das Relações Exteriores entrou em contato com diferentes organizações internacionais que podem participar desse processo de diálogo sobre a paz. Estamos falando das Nações Unidas, da União Europeia e da OEA, que nos fornecerá assistência técnica", afirmou Longaric.

Edição: Maria Claudia

Governo destinará R$ 500 milhões para proteger a Amazônia

O Ministério do Meio Ambiente criou nesta sexta-feira (3) o Programa Floresta+ para valorizar quem preserva e cuida da floresta nativa do país. O

INSS prorroga antecipação do BPC e auxílio-doença até outubro

Medida visa evitar aglomerações nas agências durante a pandemia O governo federal publicou um decreto autorizando o Instituto Nacional do

Novo Decreto endurece normas de higienização e flexibiliza

Teixeira de Freitas: O Governo Municipal de Teixeira de Freitas publicou, nesta quinta-feira, (02) o Decreto nº 595/2020 com medidas de

Aeroporto de Teixeira de Freitas voltará a ter voos comerciais

Teixeira de Freitas: A nova previsão é que na primeira semana de Setembro, o Aeroporto de Teixeira de Freitas voltará a operar voos comerciais

Adiamento das eleições municipais para novembro é aprovado

PEC deve ser promulgada amanhã em sessão do Congresso A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (1º), em dois turnos, a Proposta de

Senado aprova texto base que pune fake news nas redes sociais

O Senado Federal aprovou na noite desta terça-feira, 30, o texto base do projeto de lei que pune o uso de fake news e o ataque à honra nas redes

Governo prorroga por 2 meses auxílio emergencial

O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou nesta terça-feira (30) a prorrogação do auxílio emergencial, destinado a trabalhadores

Mesmo em tempo de Pandemia a Prefeitura de Caravelas realiza diversas

Caravelas: Melhoria da infraestrutura de ruas, avenidas, praças e prédios públicos, estão entre as ações realizadas em diferentes bairros.

Lucas Bocão é pré-candidato a prefeito de Teixeira e se afasta do

Teixeira de Freitas: O radialista Lucas Rocha, o "Lucas Bocão" se afastou do seu programa diário na Rádio Eldorado FM e que leva o próprio nome

Confira o calendário de pagamento do 3º lote do auxílio

Quem solicitou pelo app ou pelo site começa a receber neste sábado A Caixa Econômica Federal anunciou no último dia 26 a data de pagamento da

Nossos Apoiadores: