Caravelas: A decisão, proferida na última quinta-feira (3), se refere à recurso interposto pelo município de Caravelas em ação judicial de desapropriação de um imóvel localizado na Rua Aníbal Benévolo (conhecida como Rua do Porto). Por meio de decreto, o Prefeito de Caravelas, Silvio Ramalho, declarou a utilidade pública de imóveis localizados no caminho da obra de revitalização do espaço urbano, no entorno do Rio Caravelas.

Na fase de desapropriação amigável, não houve acordo com alguns ocupantes da área, razão pela qual interpôs recurso junto ao Tribunal de Justiça da Bahia alegando urgência na concessão da imissão provisória na posse.

Na análise do recurso, o Desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ/BA), entendeu que a sentença de primeira instância causou dano ao patrimônio municipal caravelense, ao impedir a continuidade da obra e o cumprimento dos prazos de execução, “mesmo o município tendo cumprido todo o procedimento previsto na lei para a imissão provisória na posse, o juiz da Comarca de Caravelas indeferiu o pleito liminar e ainda determinou a paralisação da obra, protegendo o interesse particular em prejuízo do interesse público”, decidiu.

O CASO - O proprietário havia acionado a justiça, pedindo interrupção de quaisquer atos no imóvel. O Juiz da Comarca de Caravelas, Dr. Antônio Santana Lopes Filho, atendeu ao pedido, determinando a paralisação das obras, até que fosse realizada avaliação judicial para aferir o valor real do bem, assim como o pagamento de indenização justa e prévia, em caso de demolição ou quaisquer outros atos depreciativos, sob pena de multa única no valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais). Desde então, as obras estavam interrompidas.

Ao analisar o pleito do Município de Caravelas, o desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, da Quinta Câmara Cível do TJBA, concedeu a imissão provisória na posse do imóvel, destacando a possibilidade de produção de qualquer meio de prova, inclusive a pericial, no caso da ação de desapropriação, apenas, para aferir o justo valor indenizatório e não para discutir o mérito da demanda.

Por: Liberdadenews/Ascom


Consciência tranquila”, afirma Olívia após divergência com Rui

A deputada estadual e pré-candidata a Prefeitura de Salvador, Olívia Santana (PCdoB), esteve presente na saída do Olodum, nesta sexta-feira, 21.

Bancos fecham na segunda e terça-feira de carnaval

Os bancos vão ficar fechados na próxima segunda e terça-feira de carnaval. Na Quarta-feira de Cinzas, 26, o início do expediente será às 12h,

Prefeitura de Teixeira de Freitas vai revitalizar três Praças

Teixeira de Freitas: O prefeito de Teixeira de Freitas, Temoteo Brito, esteve na tarde desta terça-feira (18) nas Praças Ceará (Centro),

Crédito imobiliário: Sérgio Guimarães da Construtora Eldorado vai

Teixeira de Freitas: O empresário Sérgio Guimarães participou de uma Cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília, na manhã desta

Rua José de Alencar recebe drenagem e preparação para asfalto

Teixeira de Freitas: A Prefeitura de Teixeira de Freitas começou a preparar a Rua José de Alencar, mais conhecida como Rua da churrascaria Água

Teixeira de Freitas terá voos diários para São Paulo e Salvador

Teixeira de Freitas: A partir de 29 de março de 2020, o aeroporto de Teixeira de Freitas terá voos diários para São Paulo-SP e Salvador -BA,

PT, Psol e Rede pedem cassação do mandato de Flávio Bolsonaro

Nesta quarta-feira, 19, integrantes dos partidos PT, Psol e Rede se reuniram no Senado e apresentaram um pedido de cassação do mandato do senador

Dólar encosta em R$ 4,36 e renova recorde desde criação do real

Bolsa de valores tem segundo dia seguido de recuperação Em mais um dia de oscilações no câmbio, o dólar subiu novamente e voltou a fechar no

Bolsonaro dá posse a Braga Netto na Casa Civil

Presidente também empossou Onyx Lorenzoni no Ministério da Cidadania O presidente Jair Bolsonaro deu posse ao general Walter Souza Braga Netto

Ministros podem ser alvos de célula terrorista diz PF ao STF

A Polícia Federal informou ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que uma célula terrorista pode planejar

Nossos Apoiadores: