Motoristas de transporte de combustível começaram paralisação nesta segunda-feira (12). Cerca de 30% dos postos estão sem abastecimento, diz a Reuters; governo declarou crise energética na sexta (9).

O governo de Portugal impôs, nesta segunda-feira (12), um racionamento de combustível no país, informou a Reuters. Cerca de 30% dos postos estão sem abastecimento, e motoristas de transporte de combustível começaram uma greve por tempo indeterminado.

Em abril, uma greve semelhante foi a pior agitação industrial de Portugal em anos, provocando críticas ao governo socialista - que promete impedir que a greve paralise o país no auge da temporada de turismo.

O governo também declarou uma crise energética na sexta-feira (9) - o que lhe permitiu garantir o abastecimento dos portos, hospitais, aeroportos e outros consumidores prioritários.

Foram decretados serviços mínimos para a rede de postos de abastecimento do país. O racionamento de combustível para o público restringe os condutores a um máximo de 15 litros de gasolina ou diesel a cada abastecimento em estações específicas, cobertas pelo regime de serviços mínimos decretado pelo governo; e a 25 litros em todas as outras estações.

"Eu gostaria de salientar como algo positivo que serviços mínimos estão sendo prestados... A situação é de normalidade e civilidade", declarou o primeiro-ministro, António Costa, à imprensa.

Não houve necessidade de recorrer a um plano de apoio para o uso de motoristas do exército e da polícia, disse Costa, embora o governo esteja pronto para adotar essas e outras medidas especiais se o fornecimento for comprometido.

Segunda paralisação

Os motoristas decidiram parar o trabalho pela segunda vez este ano, depois que as negociações com empregadores do setor privado sobre salários melhores e direitos trabalhistas falharam.

O Sindicato Nacional dos Condutores de Materiais Perigosos, que convocou a greve, disse que cumpriria os serviços mínimos. Há preocupações, entretanto, de que eles não o façam, depois que alguns líderes sindicais pediram que esses serviços também fossem suspensos.

Costa pediu que as negociações entre o sindicato e os empregadores sejam retomadas o mais rápido possível.

Os motoristas disseram que a greve continuará até que a associação de empregadores faça uma "proposta razoável".

"Até lá, vamos fazer greve por um dia, uma semana, um mês, pelo tempo que for necessário", disse o vice-presidente do Sindicato Nacional dos Condutores de Materiais Perigosos, Pedro Pardal Henriques. O Sindicato dos Motoristas de Frete Independente (SIMM) também participará da paralisação.

Fonte: G1


Bolsonaro embarca hoje para visita oficial à Índia

Presidente é convidado especial para comemorações do Dia da República O presidente Jair Bolsonaro embarca, na manhã de hoje (23), para a

Lei anticrime entra em vigor e pena máxima vai a 40 anos

Tempo de cumprimento foi uma das alterações de projeto da Câmara que aproveitou sugestões de Moro; texto muda saidinhas e progressão de

Rui Costa retorna aos trabalhos na Governadoria após cirurgia

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), retornou, nesta terça-feira (21), aos trabalhos na Governadoria, no Centro Administrativa da Bahia (CAB),

Regina Duarte aceita convite para 'período de testes' na Cultura

A atriz Regina Duarte aceitou nesta segunda-feira (20) a indicação para a Secretaria Especial de Cultura do governo de Jair Bolsonaro. Ela disse

"Políticos viraram chave de porta de cadeia", afirma Jaques Wagner

O senador Jaques Wagner (PT) fez um desabafo na porta da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, nesta quinta-feira, 16, ao ser

Toffoli suspende aplicação do juiz de garantias por 180 dias

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu nesta quarta-feira (15) a aplicação do chamado juiz de garantias

Grupo faz mobilização contra reforma da Previdência na Bahia

Na manhã desta segunda-feira, 13, aconteceu uma mobilização contrária à reforma da Previdência Social dos servidores públicos civis do

Reforma da Previdência pode economizar R$ 800 mi em 2020 na Bahia

O superintendente de Previdência do Estado da Bahia, Eduardo Matta, afirma que o déficit da Previdência Social estadual deve chegar a R$ 4,8

A NICA DA LIBERDADE 219

Ramiro Guedes O TEMPO Depois de um severo ataque de herpes e um exaustivo início de pneumonia, esse humílimo escriba volta às lides niqueanas.

Empossados os novos conselheiros tutelares de Caravelas

Caravelas: Flávia Paixão, Rosalva Rodrigues, Ivo Affonso, Kivia da Cruz e Talita Barros (titulares) e Ivete Oliveira, Jailton, Mayck, Alessandra

Nossos Apoiadores: