Ao todo 22 brasileiros disputam a Liga Internacional de Natação

O nadador Leonardo Santos foi o destaque brasileiro nesta segunda-feira (26) na abertura da quarta etapa da Liga Internacional de Natação (ISL, na sigla em ingês), em Budapeste (Hungria). Integrante do Team Iron masculino, o carioca venceu a prova dos 200 metros medley com o tempo de 01min52seg84. Foi a melhor marca pessoal do atleta e a segunda da temporada. O tempo anterior obtido pelo nadador foi 1min53seg38, no Mundial de Piscina Curta, em 2018, Hangzhou (China). Leonardo Santos e dois compatriotas - Guilherme Basseto e Nicholas Santos - fazem parte do Team Iron, equipe com outros 13 nadadores de várias nacionalidades.

Ontem (25), o Brasil já havia se destacado nas disputas individuais ,com três atletas chegando em terceiro lugar, em três provas distintas. Luiz Altamir completou os 200 m borboleta em 01min52seg87, Marcelo Chierighini fechou os 100 m livre em 46seg49, e Breno Correia encerrou os 200 m livre 01min43min27, fecharam as provas em terceiro lugar. O trio faz parte da equipe Aqua Centurions, com outros 12 atletas estrangeiros.

O que é a ISL?

A Liga Internacional de Natação é um evento disputado por equipes de atletas de vários países. A edição deste ano inclui dez etapas classificatórias, todas na capital húngara. Em cada uma delas, os times somam pontos de acordo com a classificação de seus integrantes nas provas. Depois das disputas classificatórias, previstas para ocorrer até o dia 10 de novembro, ocorrerão as semifinais, entre os dias 14 e 16 de novembro. A final está programada para os dias dias 21 e 22 de novembro. As disputas são transmitidas ao vivo no site da ISL.

Confira abaixo os atletas brasileiros e suas respectivas equipes no ISL:

Brandonn Almeida (New York Breakers)

Marco Antonio Ferreira, Fernando Scheffer e Felipe França (LA Current)

Guilherme Guido e Vinicius Lanza (London Roar)

Guilherme Basseto, Nicholas Santos e Leonardo Santos (Iron Aquatics)

Bruno Fratus (Tokyo King Frogs)

Matheus Santana (DC Trident )

Breno Correia, Marcelo Chierighini, Pedro Spajari, Leonardo de Deus, Luiz Altamir Mello, Gabriel Santos, e Fábio Santi ( Aqua Centurions / masculina)

Larissa Oliveira e Etiene Medeiros (Aqua Centurions / feminina)

Felipe Lima (Energy Standard)

Jhennifer Conceição Alves (Toronto Titans)

Fonte: Rádio Nacional

Brasileiro: Fluminense fica no 0 a 0 com Bragantino

Tricolor entrou em campo muito desfalcado após surto de covid O Fluminense jogou muito mal nesta segunda-feira (30) e não passou de um

STJD suspende técnico Mano Menezes por quatro jogos

O técnico Mano Menezes foi julgado nesta segunda-feira, 30, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e pegou um gancho de quatro

Fonte Nova vai ganhar iluminação em homenagem a Maradona

A Arena Fonte Nova, localizada no bairro de Nazaré, em Salvador, vai ser iluminada de azul, em homenagem ao jogador argentino Diego Maradona, na

Após vitórias, seleção mantém 3ª posição do ranking da Fifa

Itália retorna ao top 10 depois de quatro anos A Fifa anunciou nesta sexta-feira (27) mais uma edição do seu ranking de equipes nacionais,

Corpo de Diego Maradona é enterrado em cemitério na Argentina

O corpo do lendário ex-craque Diego Maradona foi enterrado nesta quinta-feira, 26, em um cemitério particular, ao noroeste de Buenos Aires, na

Napoli vence partida emotiva um dia após a morte de Maradona

Argentino fez história pela equipe italiana O Napoli superou o Rijeka (Croácia) por 2 a 0 nesta quinta-feira (26), em sua primeira partida

Liga dos Campeões: Bayern vence e chega às oitavas de final

Time de Munique derrota Salzburg por 3 a 1 O atual campeão europeu Bayern de Munique não teve uma atuação de destaque, mas fez o

Diego Maradona morre na Argentina aos 60 anos

Maior jogador da história do futebol argentino sofreu parada cardiorrespiratória em casa, onde se recuperava de uma cirurgia no cérebro. Velório

Vôlei de Praia: fase principal do Circuito Brasileiro segue no Rio

Competição envolve 24 das melhores duplas do país A fase principal da quarta etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia Feminino

Fifa propõe licença-maternidade obrigatória para jogadoras

Atletas teriam direito a 14 semanas, com 2/3 do salário contratado A Fifa pretende adotar novos regulamentos para proteger os direitos das

Nossos Apoiadores: