Carol Solberg teve o julgamento remarcado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva para o próximo dia 13 (terça-feira), (STJ), às 13 horas, com transmissão pelo YouTube. A atleta será julgada por ter gritado "Fora, Bolsonaro" durante entrevista ao vivo, na cerimônia de premiação do Circuito Brasileiro, no mês passado.

Inicialmente, o julgamento estava marcado para terça desta semana, mas foi adiado de última hora, pois a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e o Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH) pediram para participar do caso. Nesta sexta-feira, 9, o relator Robson Luiz Vieira rejeitou o "pedido de intervenção".

"Torna-se claro que inexiste legitimidade das requerentes, por ausência de comprovação de qualquer vínculo de suas atividades com a atividade desportiva, além de inexistência de submissão das requerentes ao Código Brasileiro de Justiça e ainda, e por fim, a ausência de prova e indicação expressa de que direitos privativos serão atingidos no julgamento do caso em apreço justificando assim, um eventual interesse, oportunidade em que deve ser negado o pedido", afirmou o subprocurador Wagner Vieira Dantas, na quinta-feira, 8.

Porém, horas depois, a ABI avisou que irá recorrer da decisão.

"A ABI vai recorrer. Estamos diante de dois absurdos: um ataque à liberdade de expressão e o uso de dois pesos e duas medidas diante de declarações políticas de atletas", afirmou Paulo Jeronimo, presidente da entidade. O STJD ainda não se manifestou sobre a intenção da ABI de recorrer.

A frase polêmica gritada por Solberg foi durante entrevista ao vivo ao canal SporTV, ao final da cerimônia de premiação de uma das etapas do Circuito Brasileiro de vôlei de praia. A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e a Comissão de Atletas de Vôlei repudiaram a manifestação política. Diversos atletas, contudo, saíram em defesa de Carol, assim como Comissão de Atletas do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

A atleta foi denunciada no STJD com base em dois artigos do CBJD: o 191, "deixar de cumprir, ou dificultar o cumprimento de regulamento, geral ou especial, de competição"; e o 258, por "assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código à atitude antidesportiva".

Com isso, pelo artigo 191, a atleta pode ser receber multa de R$ 100,00 a R$ 100 mil ou apenas uma advertência. Enquanto que, o artigo 258 prevê veto de uma a seis partidas e suspensão de 15 a 180 dias ou advertência. Carol será defendida pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz.

Fonte: Atarde

Galvão Bueno volta atrás e diz que negocia para narrar Copa-2022

O narrador Galvão Bueno, que havia dito no programa "Altas Horas", da TV Globo, que não estaria na Copa do Mundo de 2022 como narrador, usou o

Vasco e Flamengo se enfrentam em diferentes momentos no Brasileirão

Cruzmaltino passa por crise enquanto Rubro-Negro luta pela liderança Vasco e Flamengo entram em campo neste sábado, às 17h (horário de

Mega-Sena pode pagar hoje prêmio de R$ 3 milhões

Apostas podem ser feitas até as 19h pela internet ou lotéricas O apostador que acertar as seis dezenas do concurso 2.307 da Mega-Sena neste

Bahia é um dos times que mais criam chances de gol na Série A

Eficiência foi o diferencial no triunfo tranquilo sobre o Vasco Depois de muito tempo o Bahia pôde viver um dia de tranquilidade no Campeonato

Contra Bolívia, Brasil inicia jornada à Copa de 2022

O Brasil é o único país que nunca ficou de fora de uma Copa do Mundo. O motivo para isso é a superioridade histórica em relação aos

Basquete: Flamengo passeia no Carioca antes de final da Champions

Rubro-negro decide Libertadores da modalidade no próximo dia 30 O Flamengo levantou, neste domingo (4), o primeiro troféu oficial do

Itamaraju: Atletas do grupo Gads chega ao topo do monte pescoço

Um dos principais cartões postais do extremo sul baiano, o Monte Pescoço, em Itamaraju, recebeu novamente a visita de montanhistas ansiosos para

Vitória cede empate no fim ao Operário e perde chance de colar no

Em confronto direto que valia uma aproximação do G-4, Vitória e Operário-PR ficaram no empate em 1 a 1, na noite desta sexta-feira, 2, no

Libertadores: Palmeiras goleia Bolívar e avança para oitavas

Time paulista vence por 5 a 0 O Palmeiras não teve dificuldades para garantir a classificação para as oitavas de final da Libertadores da

Libertadores: Flamengo goleia Del Valle por 4 a 0 e chega a oitavas

Na Argentina, São Paulo perde para River Plate e está eliminado Com jeito de revanche, o Flamengo goleou o Independiente Del Valle por 4 a 0, no

Nossos Apoiadores: