Laís e Paula vivem em Vila Velha, no Espírito Santo

A ex-ginasta Lais Souza, 30 anos, vai se casar com a namorada Paula Alencar no dia 25 de janeiro de 2020. A revelação foi feita ao site do GShow, quando as duas oficializarão a relação que já dura dois anos. As duas começaram a namorar após trocas de mensagens pela internet. Laís e Paula vivem em Vila Velha, no Espírito Santo.

"Passei pelas duas fases: a de ter muita facilidade e, de repente, me ver sem nada. Agora estou tentando me descobrir de outras formas. O mais importante foi encontrar o amor verdadeiro. Me sinto mais segura e forte porque o acidente me derrubou muito, sabe? E Paula foi me ajudando a resgatar o que eu tinha perdido. Tinha muitos medos, até de usar determinadas roupas. Hoje, nem ligo. Uso shortinho, biquíni... Quero mais é curtir", avisa Lais.

À publicação, Laís contou que conheceu Paula através de um aplicativo. "Ela me mandou um vídeo. De cara, gostei da voz dela, do jeito de falar, aí fomos conversando. Nos encontramos pela primeira vez em São Paulo, ela foi de Vitória e eu de Ribeirão Preto, e daí para frente não nos largamos mais", contou.

A ex-ginasta, que ainda não mexe os braços e as pernas após ficar tetraplégica em um acidente de esqui, contou que pretende ter filhos com a mulher. "Pode ser adoção, inseminação artificial, o que vier e o que for possível. Provavelmente o primeiro virá da barriga, o segundo e o terceiro serão adotados."

Laís revelou que era gay em uma entrevista à revista TPM, se torne algo de grande atenção sobre sua vida. Na época, a ex-ginasta revelou que tinha uma namorada.

"Trato isso com naturalidade. Só fiz um comentário e isso não é o foco da minha vida. Estou envolvida com meu tratamento. E as pessoas que são importantes para mim sabem tudo da minha vida. Isso é um assunto pessoal", disse a jovem ao Globo Esporte.

Lais Souza fala sobre se revelar gay: 'Não é o foco da vida'

A declaração aconteceu durante uma entrevista para a jornalista Mily Lacombe ao comentar sobre sua recuperação e as dificuldades encontradas desde que sofreu um acidente durante a preparação para os Jogos Olímpicos de Inverno, em 2014. "Eu tenho uma namorada, sou gay há alguns anos. Já tive uns namorados, mas hoje estou gay", disse.

Ainda durante a conversa, Laís falou do tratamento realizado pela Miami Project to Cure Paralysis, que consiste na aplicação de células-tronco na coluna, na altura da lesão sofrida. "Sei que muita gente gostaria de estar no meu lugar, por isso quero que dê certo, por mim, mas também pelos médicos, pelos pesquisadores e por quem vai se beneficiar", comentou.

Fonte: Correio24h


Teixeira de Freitas vence Torneio Regional de Futsal Feminino em

Alcobaça: O placar apertado de 3 a 2 refletiu o equilíbrio técnico entre as duas equipes. Como um dos times tinha de vencer, Estrela do Sul de

Equador e Japão empatam, e Brasil vai pegar o Paraguai nas quartas

Seleção Brasileira vai encarar os paraguaios na quinta-feira, em Porto Alegre O Brasil já sabe quem irá encarar nas quartas de final da Copa

Seleção feminina é recebida com festa na chegada ao Brasil

"Nunca vi assim, nem quando ganhamos medalha olímpica", disse Cristiane Parte da delegação da seleção brasileira que disputou a Copa do Mundo

Jogos de hoje definem adversário do Brasil nas quartas de final

Seleção pode enfrentar Japão, Equador, Uruguai ou Paraguai As duas partidas de hoje (24) do grupo C definirão o adversário do Brasil nas

Brasil perde para a França e se despede da Copa do Mundo

A seleção brasileira perdeu para as anfitriãs por 2 a 1 na noite deste domingo (23) e está eliminada da Copa do Mundo da França. O time de

Barcelona impõe condições para o retorno de Neymar ao clube

O Barcelona impôs três condições para Neymar voltar ao clube. A primeira é a redução do salário de R$ 130 milhões (30 milhões de euros)

Ingressos adulterados para jogo do Brasil são apreendidos

Três ingressos para o jogo entre Brasil e Venezuela, realizado nesta terça-feira, 18, na Arena Fonte Nova, válido pela Copa América, foram

Tite comenta VAR que anulou dois gols do Brasil: 'Justiça'

Para técnico, Seleção sofreu com ansiedade e se precipitou contra a Venezuela O técnico Tite não lamentou a influência do VAR (auxiliar de

Marta diz que o jogo contra Itália é como 'vida ou morte'

A derrota de virada por 3 a 2 para a Austrália, na última quinta-feira, em Montpellier, pela segunda rodada do Grupo C do Mundial Feminino, já

Dono do PSG cobra Neymar: 'Ninguém o obrigou a assinar'

Dirigente não quer atletas popstar O presidente do Paris Saint-Germain, o xeque catariano Nasser Al Khelaifi, perdeu a paciência após mais uma

Nossos Apoiadores: