As aulas da rede estadual da Bahia vão ter, enfim, o início no próximo dia 15 de março. Os detalhes do planejamento para o ano letivo 2020/2021 foram apresentados pelo secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, em coletiva de imprensa virtual, nesta quarta-feira , 24.

O modelo de ensino vai ser 100% remoto, com aulas e conteúdos disponibilizados online, além do material físico, para os alunos que não tem condições para acessar a internet.

“O estudante que tiver internet, vai ter material online disponível para a aula remota. Os que não têm acesso, vão receber material físico nas escolas. Vamos fazer um calendário em parceria com as escolas e prefeituras para que todos recebam o material de forma organizada e sem aglomeração. Criamos essa estratégia para contemplar todos os estudantes da Bahia, inclusive os que moram na zona rural e não têm acesso a sinal de telefone ou banda larga”, afirmou o secretário estaduaal de educação, Jerônimo Rodrigues.

Os estudantes vão ter acesso a um material didático com livros e cadernos de apoio à aprendizagem, que vão ser entregues nas escolas; um novo canal da TV Educativa, o Educa Bahia, com conteúdo disponibilizado durante o dia; e internet nas escolas, por meio de provedores locais. Exercícios de reforço também vão ser disponibilizados via Whatsapp e salas virtuais do Google. O programa 'Mais Estudo' vai servir de apoio, com dois monitores por turma, o que totaliza 52 mil estudantes.

Jerônimo ressaltou que a volta das aulas presenciais na Bahia está condicionada aos parâmetros sanitários relacionados à Covid-19 e, portanto, ainda não tem data prevista.

“Para evitar um colapso do sistema de saúde, o governador anunciou que o retorno das atividades escolares depende da redução no número de casos ativos, número de óbitos e as taxas de ocupação de leitos e pessoas aguardando por leitos. Ainda não é o momento, pela nossa situação de saúde atual no Estado, mas assim que tivermos reais condições, iremos fazer esse retorno. Não abriremos mão da vida e não abriremos mão da educação”.

Um hamamento público, a ser divulgado pela secretaria, vai convocar os profissionais da educação, com informações e detalhes sobre o funcionamento do ano letivo, ja no dia 01 de Março.

No dia 8 de março, se inicia a jornada pedagógica Paulo Freire, que vi seguir até o dia 12, completando um ciclo de planejamento e preparação da rede estadual. No dia 15, as aulas remotas vão ser iniciadas.

De acordo com a Lei Federal 14.040, os estudantes vão ter dois anos letivos contínuos. Até o próximo dia 29 de dezembro, os anos de 2020 e 2021 vão ser realizados com 1.500 horas aula, em um período de 228 dias letivos e aulas de segunda à sábado. Vão ser três fases de atividades escolares. Após a etapa 100% remota, vai ser a vez da fase híbrida, com três dias da semana de aulas remotas e outros três de aulas presenciais e, assim, a retomada das aulas 100% presenciais.

A matrícula dos estudantes que já são matriculados na rede estadual de ensino vai ser automática, o que quer dizer que não é preciso ir até as unidades escolares ou fazer atualização cadastral via internet.

Para os estudantes que vão ingressar na rede estadual, uma pré matrícula vai ser realizada a partir do dia 15, também de forma remota. Em conjunto com as escolas, Secretaria e com a Ouvidoria, um calendário específico está em fase de elaboração e deve ser divulgado em breve por intermédio de canais de comunicação.

Fonte: Atarde

Inep remarca provas do Encceja 2020 para agosto

Cenário de pandemia fez com que o Inep alterasse cronograma As provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e

Matrícula para alunos novos na rede estadual será retomada

Processo de matrícula do ano letivo 2020/21 vai até 14 de abril O processo de matrícula da rede estadual de ensino do ano letivo 2020/21

Inscrições para Olimpíadas de Língua Portuguesa vão até 30 de

Competição está em sua sétima edição A Olimpíada de Língua Portuguesa, que reconhece o trabalho de professores e estudantes do 5º ano

CAPES e Programa Fulbright abre inscrições para bolsas de estudo

As inscrições podem ser feitas até o dia 17 de maio; saiba como Em parceria com o Programa Fulbright, a Coordenação de Aperfeiçoamento de

Charles, a estrela autista

Autora Celina Bezerra lança nova obra de literatura infantil inclusiva Bruna, Sabrina e, agora, Charles... Personagens até bem pouco tempo

Receita propõe retirar isenção tributária de livros

Em novo documento sobre o projeto de fusão da PIS/Cofins em um único tributo, a Receita Federal afirmou que os livros poderiam perder a isenção

Nasa explica arco-íris em foto curiosa tirada pelo robô

Agência espacial americana explicou que não é possível a formação de arco-íris em Marte devido a ausência de gotículas de água dispersas

Dia do Jornalista: profissional mudou de atuação para se dedicar

Criador do Só Notícia Boa busca mostrar o lado bom do ser humano Consumir notícias ruins de modo exagerado pode levar a um ciclo de tristeza e

Ministro da educação diz que socialização da criança pode ser na

Debate nesta segunda (5) teve apresentação de argumentos sobre educação domiciliar, projeto que o governo quer regulamentar até julho. Os

Inep nega falha na correção das redações do Enem

Segundo o Inep, as redações podem passar por até quatro correções O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio

Nossos Apoiadores: