O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) foi tema do último dia do seminário virtual “Parceria mais forte, juntos para alimentar”, nesta sexta-feira (29), com transmissão ao vivo pelo canal SDRBahia, no Youtube.

Realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), o evento contou, no seu debate de encerramento, com a participação do secretário da Educação do Estado (SEC), Jerônimo Rodrigues, além do chefe de Gabinete, Cezar Lisboa, e o superintendente de Planejamento Operacional da Rede Escolar, Manoel Calazans, ambos da SEC, que falaram sobre a Chamada Pública da Agricultura Familiar – edital da alimentação escolar da rede estadual de ensino –, que está sendo elaborada com o objetivo de atender a demanda da utilização de 30%, no mínimo, dos recursos do PNAE com gêneros da Agricultura Familiar.

O secretário Jerônimo Rodrigues falou da expectativa sobre o edital. “A nossa maior animação é que, ainda este ano, a gente consiga realizar o edital da alimentação escolar, em parceria com a SDR, para podermos intensificar a participação dos pequenos agricultores no fornecimento às escolas”.

Sob a mediação do chefe de Gabinete da SDR, Jeandro Ribeiro, o chefe de Gabinete da SEC, Cezar Lisboa, falou sobre a importância de discutir a alimentação escolar para o período pós-pandemia do Coronavírus, responsável  pela suspensão das aulas.

 “Estamos discutindo como se dará o retorno das aulas e sabemos que teremos que ter uma série de ações complementares para poder corresponder ao número de horas que a gente tem a obrigação de oferecer aos alunos e isto significa que vamos usar mais dias da semana, esticar mais os horários e, portanto, teremos que reforçar ainda mais na questão da merenda escolar”.

O superintendente de Planejamento Operacional da Rede Escolar da SEC, Manoel Calazans, reforçou que o edital – que está em seus ajustes finais – é uma política de fortalecimento da Agricultura Familiar, resultado de uma parceria da SEC com a SDR e de movimentos cooperativos e de agricultores familiares, que foram voz ativa na elaboração dos termos e das condições do mesmo.

“A garantia da segurança alimentar através do programa vale-estudantil teve uma importância ainda maior neste período de pandemia no contexto do estudante e de suas famílias, principalmente aqueles de maior vulnerabilidade, que têm na escola alimentação escolar como um suporte nutricional essencial para ele e seus familiares. O edital entra, agora, também como uma possibilidade real de aquisição por parte das escolas da rede estadual, potencializando, assim, não apenas a chegada de alimentos de qualidade na escola, mas também mexendo na economia local, na economia familiar e isso dá a dimensão da função social que a alimentação escolar tem”.

Sobre o seminário – O seminário virtual “Parceria mais forte, juntos para alimentar” teve início na segunda-feira (25), Dia do Produtor Rural, reafirmando o apoio do governo estadual ao fortalecimento da Agricultura Familiar baiana a partir de ações anunciadas no evento para garantir a produção de alimentos por agricultores familiares.

Na estreia do evento foi lançado o Edital 15 - Segurança Alimentar e Nutricional, do projeto Bahia Produtiva, cujo investimento é de R$15 milhões para apoiar 10 mil famílias de agricultores familiares em todos os 27 Territórios de Identidade. O ciclo de debates com painéis envolveu temas como a operacionalização do Pareceria Mais Forte; assistência técnica por consórcios e prefeitura (Mais Ater); Programa de Aquisição de Alimento (PAA); e crédito rural, além do Programa Nacional de Alimentação Escolar, que encerrou a programação nesta sexta.

Por: Liberdadenews/ Ascom

Casa da Cultura irá promover Festival Cultural “Dedicasa tem

As mídias digitais tem sido fundamentais na disseminação da cultura durante este período de pandemia. A Casa da Cultura, órgão ligado à

SEC- BA e APLB dialogam sobre protocolos de volta às aulas

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) promoveu, nesta terça-feira (30), uma reunião virtual com dirigentes da SEC e representantes da APLB

Ministro da Educação deixa o governo após cinco dias no cargo

Antes mesmo de tomar posse, o ministro da Educação, Carlos Decotelli, deixou o cargo após o presidente Jair Bolsonaro ter aceitado seu pedido de

O estudo que estima em 36 as civilizações extraterrestres

Os cientistas do estudo tentaram determinar quantas civilizações poderiam contatar os humanos Quantas civilizações extraterrestres poderiam

Análise aponta cópia em dissertação do ministro da Educação

Além de não ter tido a tese de doutorado aprovada, há sinais de plágio no trabalho do mestrado, apresentado em 2008 para a FGV Rio de

Covid: “4º ano do ensino médio” pode ser votado pela Câmara

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vai pautar para terça-feira (30), a medida provisória 934 sobre o ensino escolar durante a

Aos 18 anos, brasileira passa em 7 universidades internacionais

Estudante mora na periferia de SP e vai cursar neurociência na Flórida (EUA). No total, conseguiu bolsa em seis faculdades Isabelly Moraes

MEC revoga portaria que acabava com cotas para negros e índios

Medida foi publicada hoje (23) no Diário Oficial da União O Ministério da Educação tornou sem efeito a Portaria nº 545/2020, publicada no

Enem 2020 tem 5,8 milhões de inscritos

Mais da metade dos inscritos tem mais de 20 anos e 60% são mulheres O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve 5,78 milhões de inscritos. O

Brasil inaugura Centro de Operações Espaciais

Foi inaugurado, em Brasília, nesta terça-feira, 23,o Centro de Operações Espaciais (COPE), referência nacional e internacional pela complexidade

Nossos Apoiadores: